◀ Previous

Next ▶

Ughhh!
  • Submitted: 3 years 6 months ago
  •  
  • Taken date: 2014-04-27 15:43:12
  •  
  • Original file: 1080 x 810 px
  •  
  • File size: 2.5 MB
Description: Série : Os Meninos da Areia

Ughhh!

Será que ele tinha poder de mudar o sentido da areia?
Ah,sim,ele tinha!
Para ele a praia tinha uma espécie de magia que o transportava para além da areia.
Era como estrelas no chão.Cada grão,um universo estrelar em concordância com o mar.
Um céu dourado se formava a cada manhã e os meninos,astros de sua visão.
Ali,naquele pedaço de areia,o sol eclipsava para ele,no mar.
Era a fusão da vida e da magia.
O que ele enxergava,era demais para olhos comuns.
Eu tenho certeza de que ele não tem olhos comuns,porque a sua alma de criança brinca ali e viaja no coração de cada menino.
Era tão simples que parecia que a cada guardar de memória era como se a alegria dos meninos pudesse ser capturada para se tornar fonte de amparo nas noites de solidão.
Como podia querer mais diante de tanto?
Como teria a mesma audácia daqueles meninos diante da vida?

A manhã surgia sempre radiante e o mar parecia uma parede emoldurada e a pintura de sol que se tornava a estrela da areia.
E cada vez que ele ia embora levava cada menino preso nos olhos.
Levava a alegria e a liderança de Calandula.E sua sabedoria.Ele sabia tudo ou fazia todos os outros meninos pensar que sabia.Usava palavras que a avó pronunciava e a que mais gostava era Aiélo.Repetia quase como música.
De Pascoal ele levava a melodia...aquele hum,hum,huummm,tiuruhturuuuu..não lhe saía da cabeça.E por vezes se pegava no ritmo da melodia.
De Chiquinho e de Tuca a elasticidade diante do tempo.A alegria estampada nos olhos.Sapalo e Salu eram um caso a parte.Energia pura.Gritos,piruetas e a leveza do riso.

Queria estar ali.Precisava estar ali e o tempo roía-lhe os ponteiros.Cada instante ali,tão precioso que em cada clic da máquina era como se pudesse guardar o tempo,feito jóia em sua caixinha.Como se cada um deles pudessem entrar câmera adentro e morar e ele,o homem que distribuía mágica como sonho no fim da noite,ao preparar para o último pensamento do dia pudesse tirá-los dali e brincar de ser menino da areia.
Ughhhhhh!

Mariana Gouveia

Details

Submitted: 3 years 6 months ago

Date: Apr 27, 2014

File Size: 475.1 KB

Resolution: 1080x810

Original Size: 2.5 MB

Exif

Date: 2014-04-27 15:43:12

Software: Adobe Photoshop CS3 Windows

Statistics

Comments: 8

Favorits: 0

Unique views: 2466

Favorite Photo of 0 authors

Comments: 8        Replies: 1

Sandro Sardoz wrote in Apr 30, 2014, 6:14:17 AM

Excellent double ambiental portrait.

Raul Santua replied:

Thank you, Sandro.

Mathieu Testa wrote in Apr 30, 2014, 10:49:44 PM

Bem me parecia que conhecia esta foto :). Parabéns!!!

Jorge Pimenta wrote in May 1, 2014, 3:54:50 PM

também eu acredito que as andorinhas são anjos porque voam... que maravilha de foto e de texto de apresentação; um reencontro que saúdo com o sorriso rasgado daqueles que são porque sentem.
abraço!

Carlos Lopes Santos wrote in May 1, 2014, 4:37:42 PM

Um excelente momento de foto, Parabéns Raul !

Helena Santos wrote in May 2, 2014, 1:56:58 PM

Assim que a vi soube de quem era... Fantástica e excelente!!! PBS, beijos

Laura Corrêa wrote in May 2, 2014, 9:31:50 PM

Esta tem muito da essência do teu rico trabalho Raul.Fico feliz em vê-la aqui também.
Parabéns...

To comment, please login on top of the page.

If you are not registered, Sign up Free!